sábado, 15 de novembro de 2014

" Assim é o amor de Deus: entranhado, íntimo,gratuito, criador de vida, capaz de perdoar infinitamente e gerar perdão, refazendo a teia da vida."
- Afonso Murad

Nenhum comentário:

Postar um comentário